Big Twitt Brasil 6

920722_1132240963467906_8639603223832493108_o

Pela primeira vez, resolvemos fazer um BTB de curta duração, experimentando um formato bem diferente. Dessa vez, ao invés de eliminações via enquete ou prova, as eliminações partiam da votação dos próprios engaiolados. Foi mais uma primeira experiência de um Big Twitt Brasil sem interferência dos webespectadores (assim como na 5ª edição, onde também não havia enquete). O resultado foi bem melhor que na edição anterior, certamente porque desta vez a escolha do elenco foi mais cuidadosa, havia um “punch” nesse elenco que fez desse mata-mata alucinante com duração de seis semanas em uma tremenda atração.

Carter, do BTB 5, e Renato, do BTB 1, estavam de volta, dentro de uma gaiola dividada em dois grupos, sendo um maior que o outro. Isso porque fizemos, antes do jogo começar, uma Gaiola de Vidro Fake, onde Tyão e Natália estariam disputando, apenas um deles, a última vaga na gaiola (seriam só 10 integrantes). O mais votado, Tyão (escolha dos próprios selecionados) entrou na gaiola e com o poder de formar os grupos. Ele, porém, teria que obrigatoriamente fazer parte do grupo com menos integrantes. E assim ele foi para o fraco grupo Tucano, que foi sendo dizimado ao longo da competição, pelos Papagaios. Rolavam boatos de que Tyão era um papagaio “infiltrado” no grupo tucano, para trazer informações aos papagaios, e isso lhe rendeu rejeição por parte do próprio grupo. Do outro lado, Carter se revelou um rebelde dentro dos Papagaios, e convenceu Daline a se aliar a ele, eliminando assim Pablo, um daqueles tidos como “cabeça” do grupo verde. Com a queda de Pablo, Carter logo foi eliminado também, não conseguindo lidar com a imagem de traidor. Daline foi junto, pedindo pra sair.

Mas o jogo não foi só conspirações e ataques (o que nós amamos), foi também muita diversão. Recheado de micos e provas divertidas, tudo de forma bem alucinante para que coubesse dentro das seis semanas, revelou uma estrela: Regina. Ela, do alto de seus mais de 60 anos, encarava tudo, sem fazer corpo mole, e sempre com muita graça e naturalidade. Não sabia mexer muito no “tuinter” e isso lhe rendia certas gafes (rolava a lenda de que o Pedro, seu amigo, é quem escrevia por ela em sua conta no twitter, porque ela não sabia usar), e acabou dando a ela uma enorme popularidade. Parecia bastante certo que ela seria a vencedora. E foi mesmo! Ganhou na votação final, dos ex-participantes (foram os eliminados quem decidiram o nome do vencedor, outra inovação) por unanimidade. Um pequeno grande BTB. Última edição administrada pelo Boss, com auxílio de Anderson Lopes.

 

Conheçam o perfil dos participantes do BTB 6.

Assista os vídeos de inscrição aqui > VÍDEOS

Clique na imagem para ser direcionado à conta de cada um no twitter. 
Siga-os!

09 ANDREA

01 CARTER

03 DALINE

06 FRAN

07 LUIS

10 NATALIA

04 PABLO

08 PEDRO

02  REGINA

05 RENATO

11 TYÃO